Litoral - 09/03/2017 - 19:45:20

 

Greve teve adesão de 30% dos servidores em Santos na Baixada Santista

Greve teve adesão de 30% dos servidores em Santos na Baixada Santista

 

Da Redação com agências

Foto(s): G1

 

Servidores de Santos em greve no 1º dia (09/03/2017)

Servidores de Santos em greve no 1º dia (09/03/2017)


A greve promovida quinta-feira por parte de representantes sindicais do funcionalismo santista teve a adesão média de 30% dos servidores. A paralisação ocorreu com maior intensidade pela manhã na área da educação (em torno de 72%), o que afetou mais de 13 mil estudantes. Na saúde, a atenção básica foi a mais atingida, mas os serviços de emergência funcionaram normalmente.

O balanço foi apresentado no final da tarde pelo secretário de Governo, Rogério Santos, em entrevista coletiva. “A greve está dentro de um contexto nacional. O Brasil vive a maior crise financeira da sua história, com dois anos seguidos de queda do Produto Interno Bruto, e Santos tem na sua economia principalmente a prestação de serviços, o que tem afetado a arrecadação de ISS e ICMS”, explicou o secretário, justificando porque a Administração não poderá reajustar os salários.

PROPOSTA

Ele lembrou que a proposta possível neste momento é o reajuste de 5,35% nos valores do auxílio alimentação e da cesta básica, o que foi recusado pelos sindicatos, e que no segundo semestre poderá ser retomada a negociação salarial, de acordo com a evolução da economia. Também citou que vários estados e municípios enfrentam greves e alguns até atrasam salários, situação que não ocorre em Santos, que nos últimos quatro anos a categoria teve aumento real de quase 5%. O secretário ainda desmentiu boatos sobre o aumento nos salários do prefeito e secretários municipais.

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




Prefeitura de São Bernardo oferece água potável para população no Parque Estoril


JBS paralisa por três dias produção de carne bovina no Brasil


Câmara dos EUA adia votação sobre Obamacare


Servidores municipais de Santos rejeitam proposta e mantêm greve


Entenda o projeto de lei da terceirização aprovado pela Câmara


Ministro Barroso, do STF, defende voto em lista fechada de candidatos