Opinião - 07/02/2018 - 05:22:25

 

Chega de MIMIMI !

Chega de MIMIMI !

 

Vicente Barone * .

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Vicente Barone é analista político, editor chefe do Grupo @HORA de Comunicação, foi executivo de marketing em empresas nacionais e multinacionais, palestrante nacional e internacional em marketing social, cultural, esportivo e trasnporte, além de ministrar aulas como professor de 3º

Vicente Barone é analista político, editor chefe do Grupo @HORA de Comunicação, foi executivo de marketing em empresas nacionais e multinacionais, palestrante nacional e internacional em marketing social, cultural, esportivo e trasnporte, além de ministrar aulas como professor de 3º" e 4º graus Dese


Leio, ouço e assisto, diariamente, os inconformados com a derrota em 2016 esperneando em páginas nas redes sociais.

Quando irão aprender, ou “se tocar”, que o importante, no pós eleição, é buscar o melhor para o munícipe? Mas o melhor para uma oposição retrógrada seria tentar piorar as situações para buscar um espaço nos descontentes?

Ser partidário e ter convicções políticas é salutar. Ter ideologia também. Não importa se mais à direita, à esquerda ou centro. O importante mesmo é estar voltado a atender às necessidades de seu povo.

O excesso de denúncias com base em suposições ou financiar pessoas para somente atacar sem levar em consideração quantos estariam sendo prejudicados com tais ações é um retrocesso democrático.

Toda denúncia ou levantamento deve ser baseado em provas reais. Às vezes olha-se uma folha, mas não se vê a última página do livro.

Periféricas e sem nexo algum, forçam situações para melhor garantir seu espaço e que se danem aqueles que mais precisam.

Pergunto, o que é mais importante?

Vacinar a população para garantir, com prevenção, um surto de febre amarela ou ficar discutindo se alguns dias de diferença farão os alunos se prejudicarem?

É mais importante vidas ou acumulo temporário de conhecimento?

Afinal, alguns dias sem aula não muda porque elas podem ser respostas diariamente com alguns minutos a mais, ou aos sábados.

Quando os professores fazem greves intermináveis o que é mais salutar?

Não há o que se discutir aqui e que se calem os oposicionistas aventureiros eleitorais. O importante é a vida humana e, nesse caso, é urgente e sem precedentes manter por quantos dias forem necessárias escolas e UBS abertas para garantir a imunização de nosso povo.

Que se calem os oportunistas.

Que se calem os gazeteiros.

Agora somos um, agora somos dedicados ao bem maior, agora somos ‘batateiros’ com orgulho e sabedores que devemos nos imunizar e levar todos que conhecemos para fazerem o mesmo.

Aqueles que, por motivos de saúde, não possam se imunizar, procurem os médicos de plantão e serão orientados para que possam se manter seguros.

Chega de MIMIMI senhores arautos do apocalipse!

* Vicente Barone é analista político, editor chefe do Grupo @HORA de Comunicação, esteve à frente de diversas campanhas eleitorais como consultor político e de marketing, foi executivo de marketing em empresas nacionais e multinacionais, palestrante nacional e internacional para temas de marketing social, cultural, esportivo e de trasnporte coletivo, além de ministrar aulas como professor na área para 3º e 4º graus - www.barone.adm.br

 



;

Links
Vídeo
Turismo SBC


Últimas Notícias




Ligações de fixo para móvel ficam mais baratas a partir de hoje


Recuperação de mananciais passa por soluções para moradia nas cidades


Comando do Leste confirma nomes de generais para gabinete da intervenção


Presidente do TRF4 defende execução da pena após condenação em segunda instância


Resultados da Lava Jato garantem bloqueio de US$ 44 milhões no exterior em 2018


Câmara aprova decreto de intervenção no Rio de Janeiro