ABCD - 18/04/2018 - 20:05:24

 

Prefeito Orlando Morando acaba com cabide de empregos em São Bernardo

Prefeito Orlando Morando acaba com cabide de empregos em São Bernardo

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Reforma administrativa, proposta pelo chefe do Executivo, amplia valorização de funcionários de carreira e reforça política de corte de gastos

Reforma administrativa, proposta pelo chefe do Executivo, amplia valorização de funcionários de carreira e reforça política de corte de gastos


A Prefeitura de São Bernardo dará início nos próximos dias a uma ampla reforma administrativa, que irá tornar oficial a extinção de secretarias, além da redução de 346 cargos comissionados – em consonância com o trabalho de compatibilização orçamentária, iniciado em janeiro de 2017. Na prática, a medida põe fim ao “cabide de emprego”, que perpetuava nas últimas administrações de São Bernardo, além de ampliar a política de valorização de funcionários de carreira, impactando de forma significativa no enxugamento de gastos públicos. A proposta foi aprovada por maioria absoluta na Câmara, durante sessão ordinária, nesta quarta-feira (18/04).

A reforma, idealizada pelo prefeito Orlando Morando, visa enxugar a máquina pública, inchada pelo ex-prefeito Luiz Marinho (PT), por meio da implementação de três leis municipais que abriram brechas para que atribuições destinadas a profissionais concursados pudessem ser preenchidas por indicações do ex-prefeito e seus subordinados. As medidas foram alvos de sucessivas Ações Diretas de Inconstitucionalidade (Adin) por parte Ministério Público de São Paulo (MP-SP), que apontou excessos e abusos na destinação incorreta dos cargos.

“Não há mais espaço para funcionários apadrinhados nas administrações públicas. É uma prática arcaica, que demonstra a forma antiquada e corrompida de se fazer gestão que perpetuava nos governos passados. Desde o início do nosso mandato, entendemos que havia muitos cargos comissionados desnecessários e atuamos para reduzi-los”, explicou o prefeito Orlando Morando.

Dos 1.153 cargos em comissão no modelo em vigor até o final de 2016, 729 foram oficialmente extintos pelo novo projeto, sendo que 383 deles foram readequados de acordo com os apontamentos do Ministério Público, o que resultou no corte real de 30% dos postos em comissão. O não preenchimento destes cargos resultou, apenas nos 100 primeiros dias de governo, em uma economia de R$ 27,6 milhões aos cofres públicos.

Já no organograma da Prefeitura, as principais alterações foram a extinção de três secretarias e uma coordenadoria – entre elas a secretaria de Relações Internacionais e de Orçamento e Planejamento Participativo, além da absorção da Coordenadoria de Ações para a Juventude pela secretaria de Cultura. A matéria prevê também a criação do Departamento de Orçamento e Controladoria na pasta de Finanças e fusão das pastas de Obras e Planejamento Urbano, que passa a ser denominada Obras e Planejamento Estratégico.

Também houve alteração das denominações das secretarias de Assuntos Jurídicos e Cidadania, que passou a ser Cidadania, Assuntos Jurídicos e Pessoa com Deficiência; Gestão Ambiental, que passa a ser denominada Meio Ambiente e Proteção Animal; Administração e Modernização Administrativa passa a ser Administração e Inovação; Cultura torna-se Cultura e Juventude; Desenvolvimento Social e Cidadania, que foi transformada em secretaria de Assistência Social, e Desenvolvimento Econômico Trabalho e Turismo, que passa a ser denominada como Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Trabalho e Turismo.

Concurso – Em busca de um maior equilíbrio entre o número de cargos comissionados e concursados e da imposição de um perfil mais técnico para funções estratégicas, a Prefeitura também anunciou, em março, a realização de concurso público para preenchimento de 782 vagas, entre cargos de 12 secretarias, além de reforços nos quadros da Educação, Serviços Urbanos e Guarda Civil Municipal (GCM). Os salários variam de R$ 1.675,86 a R$ 9.348,71. A estimativa é que as contratações tenham impacto mensal de R$ 2 milhões na folha de pagamento.

 



;

Links
Vídeo


Últimas Notícias




Prefeitura de São Bernardo promove 1ª Feira de emprego para jovens de 16 a 22 anos


Rússia é banida por doping e está fora de Tóquio 2020 e de Mundiais


Receita abre consulta ao 7º lote de restituição do Imposto de Renda


Bumba Meu Boi pode se tornar patrimônio imaterial da humanidade


Bolsonaro pede revogação de medida que excluiu atividades de MEI


STF aprova compartilhamento total de dados financeiros da Receita Federal com o MP sem autorização judicial