ABCD - 29/06/2018 - 20:09:50

 

Com gestão eficiente, São Bernardo atinge melhor classificação em credibilidade financeira

Com gestão eficiente, São Bernardo atinge melhor classificação em credibilidade financeira

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Prefeito Orlando Morando recebeu nesta sexta-feira diretores da Caixa Econômica Federal, que oficializaram a elevação do município na classificação de conceito “D-” para “B+”

Prefeito Orlando Morando recebeu nesta sexta-feira diretores da Caixa Econômica Federal, que oficializaram a elevação do município na classificação de conceito “D-” para “B+”


A Prefeitura de São Bernardo, sob gestão de Orlando Morando, elevou a classificação de credibilidade financeira, junto à Caixa Econômica Federal, para o conceito B+, atingindo o melhor índice já obtido pelo município sobre o que se refere à perspectiva para obtenção de crédito e financiamentos em futuros projetos.

Em 18 meses, a Administração efetuou significativa elevação, sob o aspecto de gestão financeira, uma vez que, com a gestão anterior a nota do município era “D -”. O novo conceito foi anunciado pelo prefeito Orlando Morando nesta sexta-feira (29/06), no Salão Nobre do Paço, acompanhado dos diretores da Caixa Econômica Federal, pelo secretário de Finanças, José Luiz Gavinelli, demais secretários da Administração e vereadores.

Denominado rating, a nota atribuída pela Caixa obedece a uma série de critérios, sobre o que corresponde à capacidade do município em honrar compromissos financeiros. A instituição trabalha com as seguintes notas: vai de nível A (capacidade máxima de honrar compromissos) até E (cidade que pode ser considerada mal pagadora). Em discurso, o prefeito de São Bernardo discorreu sobre a disciplina e método organizacional para equilibrar as finanças públicas, sem prejudicar a qualidade dos serviços ofertados.

“Não quero deixar a Prefeitura em uma forma lamentável, como encontrei. Quando iniciamos o trabalho, tínhamos de enxugar. Foi difícil, pois ao mesmo tempo não queríamos precarizar os serviços. Este resultado mostra que estamos no caminho certo”, pontuou.

Em cenário de grave crise financeira em janeiro de 2017, com dívidas na casa de R$ 200 milhões, deixadas pela gestão antecessora, a Prefeitura formalizou medidas essenciais de cortes e adequações financeiras, que resgataram o fôlego econômico do município. Entre os itens, estão a renegociação do contrato dos fornecedores, fim da frota dos carros oficiais, redução de horas extras, congelamento nos cargos comissionados, fim do repasse da subvenção do Carnaval, extinção do celular corporativo e Diário Oficial Impresso, entre outros.

Os demonstrativos disponíveis no portal da Secretaria do Tesouro Nacional e no Portal de Transparência do município comprovam a boa gestão e o comprometimento da Administração com a responsabilidade fiscal. “Conseguimos modificar um cenário desfavorável, em meio à crise financeira em todo o País. Os números de receita ainda estão abaixo, pois a situação econômica no Brasil é difícil. O que estamos conseguindo fazer é a lição de casa, deixando São Bernardo equilibrada”, acrescentou Morando.

MELHOR DESEMPENHO – Gerente Regional de Governos e Judiciário da Caixa, Lenina Galhardo Torres, argumentou que o índice obtido por São Bernardo é o melhor da região. “Este conceito B + é atualmente o mais alto entre as cidades do Grande ABC. O resultado alcançado mostra eficiência em garantir evolução, mesmo com dificuldades”, afirmou.

Titular de Finanças, José Luiz Gavinelli ressaltou a conquista da gestão em amortizar a dívida fundada da cidade. “Importante destacar sobre essa equalização, superando em R$ 18 milhões, do que foi deixado pela gestão anterior”, comentou.

 



;

Links
Vídeo


Últimas Notícias




Recadastramento de telefones pré-pagos termina hoje,18, para 17 estados


Medida Provisória acaba com o DPVAT


Senado aprova PEC que adia quitação de precatórios


Morre o Presidente da Câmara de São Bernardo do Campo, Ramos Ramos, em acidente de carro


TJ-SP devolve mandato a prefeito de Mauá, cassado por deixar cargo vago ao ser preso


Governo federal lança carteira estudantil digital