Politica - 27/10/2004 - 17:33:12

 

Crackers fizeram Prefeitura de SP derrubar sites

Crackers fizeram Prefeitura de SP derrubar sites

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 


Os crackers não deram sossego à prefeitura de São Paulo durante o final de semana. Eles exploraram uma falha de segurança para instalar um script (seqüência de instruções) que redirecionava os usuários que visitavam o portal dos Telecentros para uma página com ofensas, inclusive palavrões, aos governantes.

De acordo com o assessor de imprensa da área de Governo Eletrônico da Prefeitura de São Paulo, Jorge Cordeiro, o servidor foi derrubado propositalmente no sábado, para evitar que a ação dos crackers fosse executada em outras páginas. Com isso, vários sites ficaram fora do ar - e continuavam assim até o meio-dia desta segunda-feira.

Cordeiro declarou que os bancos de dados que guardam as informações dos usuários não foram invadidos. As páginas que estão fora do ar devem estar disponíveis ainda hoje. O Governo Eletrônico da Prefeitura de São Paulo vai aproveitar o ocorrido para lançar um novo sistema, que já estava em desenvolvimento. De acordo com o assessor de imprensa, o sistema, chamado "WARAM", baseado em software livre, é mais seguro.

O site Zone-H registrou a página para a qual os usuários foram redirecionandos, tanto a partir do endereço da página do Natal sem Fome como da Prefeitura de S. Paulo.

http://www.zone-h.org/en/defacements/mirror/id=1676537/

http://www.zone-h.org/en/defacements/mirror/id=1676543/

http://www9.prefeitura.sp.gov.br

;

Links
http://www.zone-h.org/en/defacements/mirror/id=1676537/
http://www.zone-h.org/en/defacements/mirror/id=1676543/
Vídeo


Últimas Notícias




Orlando Morando está na frente na disputa em São Bernardo com 40%


Bolsonaro oficializa indicação de Kassio Nunes ao STF


São Bernardo inaugura 1ª Fábrica de Cultura 4.0 do Estado de São Paulo em lugar do "Museu do Lula"


Candidatura à reeleição de Orlando Morando e Marcelo Lima é oficializada em São Bernardo


Sabesp implanta novo sistema para melhorar atendimento ao consumidor


Reforma da previdência de São Bernardo do Campo é válida, diz TJ-SP