ABCD - 13/04/2018 - 16:09:01

 

Prefeitura de São Bernardo autoriza a contratação de auxiliares para a Educação Especial

Prefeitura de São Bernardo autoriza a contratação de auxiliares para a Educação Especial

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Serão chamados 30 novos profissionais que prestaram concurso cuja vigência vai até janeiro de 2019; previsão de início para junho deste ano

Serão chamados 30 novos profissionais que prestaram concurso cuja vigência vai até janeiro de 2019; previsão de início para junho deste ano


A Prefeitura de São Bernardo autorizou a contratação de 30 novos auxiliares em Educação para atendimento às crianças com deficiência na rede municipal de ensino. Esse profissional apoia os estudantes nas atividades de higiene, alimentação, locomoção, entre outras, que exijam o auxílio constante no cotidiano escolar. O anúncio foi  pelo prefeito Orlando Morando, na manhã desta sexta-feira (13/04) na EMEB Mário Martins Almeida, no Jardim São Paulo, unidade de Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), que conta com 734 alunos, sendo 16 estudantes da Educação Especial. O ato também contou com a presença do secretário-adjunto Lázaro Leão, professores, pais, alunos e demais profissionais do setor.

“Atendemos a uma reivindicação tanto dos pais quanto dos profissionais da educação. Foi verificado em nossa rede municipal o aumento significativo desse público por duas razões. A primeira é a reconhecida qualidade de nossa rede, que conta com bons profissionais e infraestrutura. E também com a migração de muitos alunos da rede particular, em virtude da crise econômica pela qual passa o país”, explicou o prefeito Orlando Morando.

Atualmente, ensino no município conta com 241 auxiliares em educação para o atendimento às crianças com deficiência. Os cargos serão preenchidos pelos profissionais que prestaram concurso para auxiliar de educação, cuja validade vai até janeiro de 2019. Previsão de início do trabalho é junho deste ano.

Durante sua fala, o chefe do Executivo também enfatizou a impossibilidade desse atendimento ser individual a cada criança. A rede municipal possui 2.307 alunos na Educação Especial, sendo que 1.666 possui laudo médico e outras 641 são atendidas, embora estejam no processo de efetivação desse laudo.

“Isso não é possível por causa do quadro de apoio existente e também da intencionalidade educativa. O objetivo da escola é a de promover o máximo do desenvolvimento da autonomia para cada aluno. Há casos que existe a necessidade de atendimento individual, como de uma criança com paralisia cerebral, que usa cadeira de rodas e se alimenta por sonda. Há outros que não são necessários, como os alunos que necessitem de apoio simples, como o uso do banheiro ou acompanhamento no deslocamento pela escola”, completou.

O secretário-adjunto da Educação, Lázaro Leão, agradeceu ao prefeito por ter atendido a essa solicitação de pais e profissionais da Pasta. “A Educação é um direito da criança e, o nosso governo, preocupado em dar um atendimento de qualidade, fez um anúncio de ampliação que vem de encontro ao desejo tanto da rede municipal quanto dos pais”, disse.

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias




Receita abre nesta sexta-feira consulta ao sexto lote do IRPF


TSE investiga se hackers invadiram sistema da Justiça Eleitoral antes da eleição


Moro e Bolsonaro se encontram para conversar sobre convite para o Ministério da Justiça


Bolsonaro acusa Folha de espalhar fake news e indica fim da EBC


Fies: aditamento do financiamento começaram dia 29 e segue até novembro


Vídeo com suposta orgia entre João Doria e cinco mulheres é montagem, aponta perícia