ABCD - 27/04/2018 - 16:35:19

 

Em São Bernardo, Centro de Reflexão de Trânsito inicia atendimento aos alunos da rede municipal de e

Em São Bernardo, Centro de Reflexão de Trânsito inicia atendimento aos alunos da rede municipal de e

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 

Ação em parceria das Secretarias de Transportes e Educação, atingirá os alunos do 4º ano do Ensino Fundamental

Ação em parceria das Secretarias de Transportes e Educação, atingirá os alunos do 4º ano do Ensino Fundamental


Com a proposta de formar cidadãos ainda mais responsáveis no trânsito, a Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Transportes e Vias Públicas em conjunto com a Secretaria da Educação, está oferecendo atividades educativas para os alunos da rede municipal de ensino no Centro de Reflexão do Trânsito denominada “Vivência no CRT - Cidadania e Trânsito”. As atividades ocorrerão sempre às terças-feiras, nos períodos da manhã e tarde, com os alunos do 4º ano do Ensino Fundamental. A ação começou na última terça-feira (24/04) com duas turmas com cerca de 50 alunos da EMEB Bruno Massone, do bairro Estoril. 


“As ações com as crianças da rede municipal são fundamentais, pois a violência no trânsito, infelizmente, é um processo crescente. Por isso, é importante que o poder público assuma a responsabilidade de iniciar o processo de conscientização desde cedo”, afirmou o prefeito Orlando Morando. 

Na iniciativa, os alunos participam de uma palestra, onde são explicadas as principais regras de trânsito. Depois aplicam o que aprenderam em uma vivência no circuito aberto, passando por experiências no papel de ciclistas, pedestres e passageiros. Além de aprenderem as regras básicas, as crianças são estimuladas a reconhecer os equipamentos e a sinalização de trânsito como semáforos e faixas de pedestre. 

Também é realizada a simulação de uma situação de trânsito em uma cidade montada por eles com peças da LEGO, uma atividade lúdica que estimula as crianças a refletir e repensar seu papel no trânsito e na cidade. No final, há apresentação de uma peça teatral que repassa tudo o que as crianças aprenderam durante a atividade. 

Outro projeto a ser implantado será a visita dos educadores do CRT às escolas. Eles levarão o jogo lúdico denominado “Trilha”, no qual as crianças poderão vivenciar as regras do trânsito. O ano-ciclo a ser atingido ainda está sendo definido pelas Secretarias de Educação e de Transportes. 

“A criança é uma multiplicadora. O que ela aprende aqui vai passar para todas as pessoas que conhece: pai, mãe, tios, avós, entre outros. O feedback que recebemos dos pais é o seguinte: depois que meu filho passou por aqui, não posso fazer mais nada de errado quando estou dirigindo. Assim, as crianças acabam contribuindo com a educação dos pais no trânsito”, explicou o secretário de Transportes e Vias Públicas, Delson José Amador.

A professora Adma Terzetti, de 32 anos, da EMEB Bruno Massone, aprovou a iniciativa. Para a docente, a faixa etária (entre 8 e 9 anos) também é a ideal, pois os alunos têm um pouco mais de maturidade para entender a atividade como aprendizado, não apenas como brincadeira. “A ação os conscientiza mostrando que o trânsito não é apenas para os carros, que os pedestres são parte importante da mobilidade. Respeitar as regras de trânsito não é apenas na rua, mas também em ambientes onde se andam à pé, como na escola”, disse. 

A aluna Sabrina Vitória da Silva, de 9 anos, foi uma das mais empolgadas com a atividade. “Aprendi como atravessar a rua de forma mais segura, na faixa de pedestre e, o mais importante, como pedestres também temos responsabilidade para manter o trânsito seguro”, afirmou. 

 



;

Links
Vídeo


Últimas Notícias




Alex Manente não vota a favor dos principais destaques da previdência: policiais, mulheres e professores, dentre outros


Câmara aprova regras especiais de aposentadoria de policiais da União


Câmara aprova mudanças em regras de pensão e para mulheres


Câmara conclui discussão e deve votar reforma da Previdência nesta quarta


Lula, Palocci e Paulo Bernardo viram réus por promessa de corrupção


Após Alex Manente colaborar com derrota de Sérgio Moro, Senado mantém decisão sobre o Coaf